POLÍTICA PÚBLICA PARA FORMALIZAÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (LEI 128/2008): CONSIDERAÇÕES SOBRE SUA FORMULAÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO E EFEITOS

Autores

  • Jane Paula Silveira
  • Leonídia Alyne Ávila

Palavras-chave:

Políticas Públicas, Formalização, Microempreendedor Individual

Resumo

Nesse estudo objetivou-se identificar os efeitos da política pública para formalização do microempreendedor individual (Lei 128/2008) apresentando considerações sobre sua formulação, implementação e efeitos. Teve como objetivos específicos realizar uma abordagem para formulação da política, abordar sobre a implementação da política e efeitos avaliando o crescimento dos empreendimentos cadastrados no microempreendedor individual, bem como as dificuldades encontradas. O presente trabalho permitiu verificar o aperfeiçoamento dos empreendimentos a partir dos benefícios de ter uma empresa formalizada, e as dificuldades deparadas no dia a dia, atingindo se o objetivo geral proposto. O mesmo culminou na identificação dos principais comportamentos, características e experiências empreendedoras desenvolvidas pelos empreendedores individuais de Patos de Minas-MG. 

Downloads

Publicado

2014-11-06

Como Citar

Silveira, J. P. ., & Ávila, L. A. (2014). POLÍTICA PÚBLICA PARA FORMALIZAÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (LEI 128/2008): CONSIDERAÇÕES SOBRE SUA FORMULAÇÃO, IMPLEMENTAÇÃO E EFEITOS . ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 10(19). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2562