DINÂMICA DA COBERTURA VEGETAL E USO DO SOLO NO ENTORNO DO PARQUE ESTADUAL DO UTINGA (PEUt), BELÉM-PA

Autores

  • Alberto Brasil Neto
  • Arllen Élida Paumgartten
  • Aline Braga
  • Maria de Nazaré Maciel
  • Paulo Silva

Palavras-chave:

circunvizinhança, sensoriamento remoto, Unidade de Conservação

Resumo

Este trabalho teve como objetivo realizar uma análise espaço-temporal da dinâmica da cobertura vegetal e uso do solo no entorno do Parque Estadual do Utinga, localizado na região metropolitana de Belém, Estado do Pará. Para tanto, foram utilizadas três imagens de satélite: LANDSAT 5 (1984), LANDSAT 5 (1999) e LANDSAT 8 (2013), as quais foram submetidas à classificação supervisionada por máxima verossimilhança. Posteriormente, obteve-se mapas com classes de uso do solo, sendo mais expressivas a Vegetação Densa, Capoeira (Floresta Secundária), Solo Exposto e Área Urbana. Assim, constatou-se que a área dominada por ocupações urbanas cresceu continuamente entre 1984 a 2013, bem como uma quantidade elevada de áreas degradadas em volta dos núcleos urbanos e dentro da Área de Proteção Ambiental da Região Metropolitana de Belém - APA. A floresta que circunda o PEUt encontra-se em processo de recuperação avançada. 

Downloads

Publicado

2014-12-01

Como Citar

Brasil Neto, A. ., Paumgartten, A. Élida ., Braga, A., Maciel, M. de N., & Silva, P. . (2014). DINÂMICA DA COBERTURA VEGETAL E USO DO SOLO NO ENTORNO DO PARQUE ESTADUAL DO UTINGA (PEUt), BELÉM-PA . ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 10(19). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2448

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)