CARACTERIZAÇÃO DA MACROFAUNA EDÁFICA NA INTERFACE SOLOSERAPILHEIRA EM UMA ÁREA DE CAATINGA DO NORDESTE BRASILEIRO

Autores

  • Francisco Pinheiro
  • Claudia Martins
  • Jamili Fialho
  • Maria Elizabeth Correia
  • Paulo Cascon

Palavras-chave:

diversidade de organismos, macroinvertebrados do solo, semiárido

Resumo

A macrofauna de invertebrados do solo compreende grupos de organismos que habitam a interface solo-serapilheira promovendo serviços ecológicos ao ecossistema. Objetivou-se caracterizar a macrofauna edáfica na interface soloserapilheira em área localizada no semiárido para conhecer os táxons presentes e suas contribuições para a manutenção e estruturação do solo. Foram retiradas 28 amostras de solo e de serapilheira no período seco e no período chuvoso sob a copa de árvores nativas da caatinga. O tamanho das amostras de solo e serapilheira foi de 25 cm x 25 cm, sendo que as amostras de solo foram retiradas a 10 cm de profundidade. A macrofauna foi retirada no local de coleta e armazenada em frascos com solução de álcool 70%, para posterior identificação em grandes grupos. Foram calculados riqueza, abundância, índices de Shannon e Pielou. Foram amostrados 847 indivíduos distribuídos em 27 táxons. Os grupos que mais se destacaram foram Formicidae, Gastropoda, Araneae, Pseudoscorpionida e Coleoptera. O solo no período chuvoso obteve os maiores valores de abundância, riqueza, diversidade e uniformidade, seguido por serapilheira no período chuvoso. A abundância e riqueza da macrofauna foram maiores no solo que na serapilheira no período chuvoso e maiores na serapilheira que no solo no período seco.

Downloads

Publicado

2014-12-01

Como Citar

Pinheiro, F., Martins, C. ., Fialho, J. ., Correia, M. E., & Cascon, P. . (2014). CARACTERIZAÇÃO DA MACROFAUNA EDÁFICA NA INTERFACE SOLOSERAPILHEIRA EM UMA ÁREA DE CAATINGA DO NORDESTE BRASILEIRO. ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 10(19). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2441

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>