EFEITO DA INOCULAÇÃO E ADUBAÇÃO NITROGENADA NO DESENVOLVIMENTO DO FEIJOEIRO-COMUM

Autores

  • Michel Andraus
  • Aline Cardoso
  • Evaldo Ferreira
  • Patrícia Cunha
  • Rommel Costa

Palavras-chave:

rizóbio, fixação biológica de nitrogênio, manejo de adubação

Resumo

O manejo adequado da adubação nitrogenada representa uma das principais
dificuldades da cultura do feijoeiro, visto que a aplicação de doses excessivas de N,
além de aumentar o custo econômico, pode promover sérios riscos ao ambiente.
Com o objetivo de avaliar o efeito da inoculação com rizóbio e adubação nitrogenada
no desenvolvimento do feijoeiro-comum, um experimento foi realizado em casa de
vegetação utilizando os tratamentos: testemunha sem inoculação e sem aplicação
de Nitrogênio; Inoculação com rizóbio e sem aplicação de Nitrogênio; Inoculação
com rizóbio e aplicação de 30 kg ha-1 de Nitrogênio na semeadura; Aplicação de 20
kg ha-1 de Nitrogênio na semeadura e sem inoculação com rizóbio; Aplicação de 50
kg ha-1 de N (20 kg ha-1 na semeadura e 30 kg ha-1 aos 20 dias após a emergência
das plantas – DAE) e sem inoculação com rizóbio; Aplicação de 80 kg ha-1 de N (20
kg ha-1 na semeadura, 30 kg ha-1 aos 20 DAE e 30 kg ha-1 aos 40 DAE) e sem
inoculação com rizóbio. A fonte de Nitrogênio utilizada foi uréia. A coleta foi realizada
quando as plantas atingiram a fase R6 (florescimento), e foram avaliados: o número,
massa seca e atividade de nódulos, a massa seca da parte aérea e massa seca de
raízes. O número e massa seca de nódulos foram maiores no tratamento inoculado
sem adubação nitrogenada. Mas a massa seca da parte aérea, parâmetro
considerado como indicador de desenvolvimento da planta, foi maior no tratamento
de 80 kg ha-1.

Downloads

Publicado

2014-12-01

Como Citar

Andraus, M. ., Cardoso, A. ., Ferreira, E. ., Cunha, P. ., & Costa, R. . (2014). EFEITO DA INOCULAÇÃO E ADUBAÇÃO NITROGENADA NO DESENVOLVIMENTO DO FEIJOEIRO-COMUM . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 10(19). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2310

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>