CARACTERIZAÇÃO CLIMÁTICA PARA FRANGOS DE CORTE NO MUNICÍPIO DE REDENÇÃO – PA

Autores

  • José Araujo
  • Laércio Maciel
  • Jânio Santos

Palavras-chave:

Bioclima, Desconforto Térmico, Produção Animal

Resumo

O trabalho foi conduzido com objetivo de realizar uma caracterização climática para frangos de corte no município de Redenção, Pará. Para o desenvolvimento do estudo utilizou-se dados climáticos do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE). Foram utilizadas as temperaturas mínimas e máximas coletadas nos meses de novembro de 2013 a fevereiro de 2014, juntamente com a umidade relativa do ar coletadas no mesmo período citado e comparadas com as condições de conforto térmico ideais para frangos de corte. A caracterização mostrou a necessidade de corrigir o bioclima para se alcançar condições ideais para a produção de frangos no município de Redenção - PA. A temperatura média (27 ºC) permaneceu dentro do conforto térmico durante todos os meses avaliados para frangos de corte de 14 a 21 dias de idade. Com relação à umidade relativa do ar (72%), todos os meses encontram-se um pouco acima da média aceitável (50 a 70%). O valor 77 referente ao índice de temperatura e umidade (ITU) exigiu cuidado, alerta durante o período avaliado. O ITU é um valor considerado adimensional, em que valores de até 74 representam ambientes confortáveis; de 74 a 78 exigem cuidado, alerta; de 79 a 84 são perigosos; de 85 em diante condição de emergência, podem causar a morte dos animais. Dessa forma, o bioclima adequando para a produção de frangos de corte no município de Redenção - PA deverá ser modificado para oferecer um conforto adequado, para que os animais possam expressar o seu máximo potencial genético. 

Downloads

Publicado

2014-12-01

Como Citar

Araujo, J. ., Maciel, L. ., & Santos, J. (2014). CARACTERIZAÇÃO CLIMÁTICA PARA FRANGOS DE CORTE NO MUNICÍPIO DE REDENÇÃO – PA. ENCICLOPEDIA BIOSFERA, 10(19). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2271