COOPERATIVAS DE CATADORES DE RECICLÁVEIS

Autores

  • Ilton Cruvinel
  • Alline Luiza Pádua
  • Evaldo Ferreira

Palavras-chave:

Meio ambiente, Resíduos sólidos, Reciclagem

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar o funcionamento de duas cooperativas de
catadores na cidade de Goiânia-GO, quanto às dificuldades enfrentadas na questão
de estruturação e desenvolvimento dos cooperados no contexto estrutural e pessoal
das cooperativas. O método da pesquisa foi o estudo de caso em duas cooperativas
em operação na cidade. Foram consultados documentos das cooperativas e
materiais produzidos pelo poder público municipal e realizadas observações não
participantes e entrevistas com os presidentes das cooperativas estudadas. Uma
das cooperativas recebe apenas materiais da coleta seletiva, enquanto a outra
recebe toda a coleta domiciliar. O material recuperado por ambas é vendido a
intermediários que dão escala a operação e vendem a indústria como matéria-prima
recuperada. O papel das cooperativas na cadeia reversa é o de recuperar materiais
pós-consumo e atuar como abastecedor de matérias-primas da indústria.
Adicionalmente, as cooperativas desempenham papel social junto à população de
baixa renda, por oferecerem alternativas de emprego e renda, e papel ambiental,
contribuindo para a redução da pressão sobre aterros sanitários e incineração de
resíduos sólidos urbanos.

Downloads

Publicado

2015-06-01

Como Citar

Cruvinel, I., Pádua, A. L., & Ferreira, E. . (2015). COOPERATIVAS DE CATADORES DE RECICLÁVEIS . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 11(21). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/2022