POTENCIAL ANTIPROLIFERATIVO E GENOTÓXICO DE EXTRATOS DE Allophylus edulis (A.St.-Hil., Cambess. & A. Juss.) Radlk. PELO TESTE DE Allium cepa L.

Autores

  • Marina Pasqualli
  • Marília Tedesco
  • Solange Tedesco

Palavras-chave:

Chal-chal, genotoxicidade, planta medicinal, sistema teste vegetal

Resumo

Allophylus edulis (A.St.-Hil., Cambess. & A. Juss.) Radlk., conhecida popularmente
como vacum, chal-chal, fruta-de-pombo, murta-vermelha, entre outros, é utilizada na
medicina alternativa no tratamento de problemas digestórios e inflamatórios. Devido
ao intenso uso das plantas medicinais, estudos de genotoxicidade, que podem ser
conduzidos através do teste de Allium cepa L., são necessários por contribuírem
para sua utilização segura e eficaz. Assim, o presente trabalho teve por objetivo
avaliar a atividade antiproliferativa e genotóxica de extratos aquosos de folhas A.
edulis através do sistema teste de Allium cepa. Para o preparo dos extratos, foram
utilizadas folhas secas (infusão) e in natura (infusão e extrato cru), nas
concentrações de 4 g.L-1 e 16 g.L-1. A água destilada foi usada como controle
negativo e o glifosato 1% como controle positivo. Utilizaram-se oito grupos de quatro
bulbos de Allium cepa, cada grupo correspondendo a um tratamento. Os bulbos
foram enraizados em água destilada e então transferidos para os tratamentos, onde
permaneceram por 24 horas. As radículas foram coletadas, fixadas em etanol-ácido
acético por 24 horas e armazenadas em álcool 70%. As lâminas foram preparadas
pela técnica de esmagamento, sendo analisadas 4000 células por tratamento e
determinados os índices mitóticos. Os dados foram analisados pelo teste χ
2
. Os
resultados indicaram que os extratos aquosos de A. edulis possuem ação
antiproliferativa sobre o ciclo celular de Allium cepa. Além disso, a infusão das folhas
secas e o extrato cru das folhas in natura na concentração de 4 g.L-1 dessa planta
apresentam atividade genotóxica.

Downloads

Publicado

2015-06-01

Como Citar

Pasqualli, M. ., Tedesco, M. ., & Tedesco, S. . (2015). POTENCIAL ANTIPROLIFERATIVO E GENOTÓXICO DE EXTRATOS DE Allophylus edulis (A.St.-Hil., Cambess. & A. Juss.) Radlk. PELO TESTE DE Allium cepa L . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 11(21). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/1959

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)