MODELAGEM HIPSOMÉTRICA EM POVOAMENTO CLONAL DE Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis NO DISTRITO FEDERAL

Autores

  • Caroline Maiara Jesus
  • Eder Miguel
  • Gileno Azevedo
  • Glauce Taís Azevedo
  • Reginaldo Sérgio Pereira

Palavras-chave:

Altura total, eucalipto, inventário florestal

Resumo

A medição da altura é uma atividade onerosa no inventário florestal, tornando
inviável a sua obtenção em todas as árvores das parcelas nos povoamentos
florestais. Uma alternativa viável é estimá-la utilizando modelos hipsométricos. O
presente trabalho objetivou avaliar o ajuste e selecionar modelos hipsométricos para
estimar a altura total em povoamento clonal de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus
grandis, no Distrito Federal. Os dados utilizados no ajuste dos modelos foram
provenientes da medição do diâmetro à altura do peito e da altura total de 33
árvores. Foram ajustados oito modelos e selecionado o melhor com base no
Coeficiente de determinação ajustado (R²aj), erro padrão da estimativa absoluto (Syx)
e relativo (Syx%) e a distribuição gráfica dos resíduos. Dentre os modelos avaliados,
o modelo de Prodan apresentou as melhores estatísticas de ajuste e precisão (R²aj =
0,7396; Syx = 1,4421; Syx% = 8,6607), bem como distribuição gráfica dos resíduos
satisfatória, sendo, portanto, o mais indicado.

Downloads

Publicado

2015-06-01

Como Citar

Jesus, C. M., Miguel, E. ., Azevedo, G. ., Azevedo, G. T. ., & Pereira, R. S. . (2015). MODELAGEM HIPSOMÉTRICA EM POVOAMENTO CLONAL DE Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis NO DISTRITO FEDERAL. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 11(21). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/1857

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>