ESTENOSE GRAVE DO CANAL PÉLVICO TRATADO COM HEMIPELVECTOMIA PARCIAL BILATERAL EM CÃO – RELATO DE CASO

Autores

  • Andréia Facin
  • Guilherme Sembenelli
  • Cynthia Bueno
  • Paola Moraes
  • Luís Gustavo Dias

Palavras-chave:

cão, hemipelvectomia, pelve, obstipação

Resumo

Relata-se o caso de um cão com angústia pélvica grave, apresentando obstipação,
tenesmo e dor, decorrente do deslocamento de uma das hemipelves após
osteossíntese bilateral de ílio. Optou-se pela realização de hemipelvectomia parcial
e a paciente apresentou excelente recuperação com normoquesia e normoúria já no
pós-operatório imediato. Concluiu-se que neste caso a técnica de hemipelvectomia
parcial bilateral, foi eficiente para o tratamento da angústia pélvica e obstipação.

Downloads

Publicado

2015-06-01

Como Citar

Facin, A. ., Sembenelli, G. ., Bueno, C. ., Moraes, P. ., & Dias, L. G. . (2015). ESTENOSE GRAVE DO CANAL PÉLVICO TRATADO COM HEMIPELVECTOMIA PARCIAL BILATERAL EM CÃO – RELATO DE CASO . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 11(21). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/1817

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>