REGENERAÇÃO NATURAL EM NASCENTES DEGRADADAS

Autores

  • Auwdreia Alvarenga
  • Israel Pereira
  • Soraya Botelho
  • Daniela Morandi
  • Fillipe Araújo

Palavras-chave:

Florística, restauração, sucessão ecológica

Resumo

A condução do processo de regeneração natural tem demonstrado ser uma técnica
viável para restauração de ecossistemas em ambientes ciliares. Na busca por
métodos e técnicas de aplicação de projetos de restauração ambiental se insere o
presente estudo. Este trabalho faz um inventário florístico da regeneração natural e
avalia como o estrato regenerante pode funcionar como um bom indicador ecológico
de restauração natural de um ecossistema. O objetivo é fazer um levantamento
florístico e estrutural das comunidades regenerante e arbóreo-arbustiva adulta em
uma área de mata ciliar no entorno de uma nascente. Os resultados mostram que a
comparação entre a estrutura e fitossociologia de comunidades entre estratos
regenerantes e adultos pode ser um bom indicativo de como se dá o processo de
regeneração natural em um ecossistema. O trabalho foi desenvolvido na bacia do rio
Capivari, Itumirim MG. As conclusões apontam para a descoberta de espécies de
importância potencial para serem utilizadas na restauração de nascentes onde haja
necessidade do plantio além de fornecer informações que podem auxiliar na tomada
de decisões conservacionistas e dados ecológicos sobre o funcionamento da
floresta em áreas de nascentes com diferentes graus de impacto ou degradação.

Downloads

Publicado

2016-06-20

Como Citar

Alvarenga, A. ., Pereira, I. ., Botelho, S. ., Morandi, D. ., & Araújo, F. . (2016). REGENERAÇÃO NATURAL EM NASCENTES DEGRADADAS . ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, 13(23). Recuperado de https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/1271

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>